Info! Please note that this translation has been provided at best effort, for your convenience. The English page remains the official version.

Uso fora da região de recursos de números da Internet AFRINIC (AFPUB-2014-GEN-001-DRAFT-04)

Imprimir amigável, PDF e e-mail

 

Detalhes
  • Ref. Nome:
    AFPUB-2014-GEN-001-DRAFT-04
  • Data inicial:
    03 de Julho de 2014
  • Antiga Ref:
    NA
  • Status:
    Retirado
  • Revisado:
    13 de outubro de 2015
  • Obsoletos:
    nenhum
  • Autor (es):
    - Douglas Onyango

1) Resumo do problema que está sendo tratado por esta proposta de política

Atualmente, as políticas da AFRINIC não permitem ou proíbem explicitamente o uso de recursos de números da Internet fora da região. Esse silêncio sobre um aspecto importante do gerenciamento de recursos numéricos coloca em risco a administração, deixando a equipe decidir arbitrariamente como lidar com as solicitações de fora da região. O esgotamento iminente de IPv4 agrava a situação, pois se prevê que as organizações de outras regiões terão mais incentivos para explorar esta e outras lacunas nas políticas da AFRINIC para adquirir recursos para venda ou uso fora da região.

 

2) Resumo de como esta proposta aborda o problema

  1. Esta política tenta desincentivar organizações de outras regiões que desejam adquirir recursos numéricos da AFRINIC para uso de maneiras que não sejam do melhor interesse da comunidade da AFRINIC. A política também fornece orientação sobre como os recursos alocados e atribuídos pelo AFRINIC podem ser usados ​​fora da região por membros legítimos do AFRINIC.
  2. Para evitar dúvidas, o autor não procura prolongar a vida útil de IPv4 com esta política; em vez disso, para garantir que os recursos numéricos alocados e atribuídos pela AFRINIC sejam usados ​​pelos membros da região de serviço para apoiar suas operações de rede legítimas, independentemente da localização física.
  3. Para fins de clareza, esta política não promove de maneira alguma o uso de recursos da Internet fora da região. Em vez disso, está ciente do fato de que as organizações com alocações do AFRINIC podem precisar usar alguns de seus recursos fora da região para apoiar suas operações de rede na região.

 

3) Proposta

 

  1. Após a ratificação desta política, o uso fora da região dos recursos numéricos da AFRINIC será permitido desde que seja precedido pelo uso dentro da região.
  2. Não obstante 3a, o número de recursos usados ​​fora da região a qualquer momento não deve exceder 40% do espaço total em uso por um membro. O espaço total em uso deve ser calculado da seguinte forma: se x for o tamanho da alocação; e y a quantidade de espaço em uso no tempo z, então 40% de y será o teto).
  3. O uso de recursos de números regionais da Internet será determinado usando Whois informações do banco de dados, anúncios da tabela de roteamento global e, para fins de consistência, outros critérios prescritos pela AFRINIC.
  4. O pessoal da AFRINIC deve, mediante o uso de 3c, realizar a devida diligência para avaliar o cumprimento de 3a e 3b.
  5. Esta política fará imediatamente parte da política de uso aceitável para números da Internet e quaisquer violações serão tratadas de acordo com a RSA e outras políticas da AFRINIC.
  6. Para evitar dúvidas, esta política não deve ser aplicada em exclusão mútua, mas deve complementar as políticas já existentes e outros critérios de elegibilidade prescritos pela AFRINIC.
  7. Esta política se aplica a alocações passadas, presentes e futuras feitas pela AFRINIC.
  8. Esta política permanecerá em vigor até:
  1. Ele é substituído diretamente por outra política ou é substituído por uma resolução do conselho.
  2. Seção 3.8 do IPv4 A política de softanding entra em ação. (Uso de IPv4 espaço do último / 8 fora da região deve ser apenas para facilitar a conectividade de volta para a região).

4. Histórico de Versões

03/07/2014: Versão AFPUB-2014-GEN-001-DRAFT-01 postado na lista de discussão.

20/10/2014: Versão AFPUB-2014-GEN-001-DRAFT-02 Publicados. A sentença em 3 (b) alterada de “O espaço total em uso deve ser calculado da seguinte forma: se x for o tamanho da alocação / atribuição; e xy a quantidade de espaço em uso no tempo z, então 40% de (xy) será o teto) ”para“ O espaço total em uso será calculado da seguinte forma: se x for o tamanho da alocação / atribuição; e y a quantidade de espaço em uso no tempo z, então 40% de y será o teto) "

27/05/2015: Versão AFPUB-2014-GEN-001-DRAFT-03 Publicados:

  • Remova "passado" de 3.f. Isso resolve a questão da aplicação retrospectiva da política
  • Mude o último como 1 para ler: no melhor interesse da comunidade AFRINIC.
  • Alteração solicitada durante a discussão
  • Altere 3.b para ler O espaço total em uso deve ser calculado da seguinte forma: se x for o tamanho da alocação; e y a quantidade de espaço em uso no tempo z. Isso é para resolver o problema com a definição de y apresentada durante a análise da equipe.
  • Remova a palavra "atribuição" da política para que ela se aplique apenas às alocações.

13/10/2015 Version AFPUB-2014-GEN-001-DRAFT-04 publicado:

  • Alterar a última linha do segundo. 1 para ler: no melhor interesse da comunidade AFRINIC. (A alteração foi solicitada durante a discussão).
  • Altere 3b para ler “O espaço total em uso deve ser calculado da seguinte forma: se x for o tamanho da alocação; e y a quantidade de espaço em uso no tempo z ”. Isso é para resolver o problema com a definição de y apresentada durante a análise da equipe.
  • Remova a palavra "atribuição" da política para que ela se aplique apenas às alocações.
  • Excluir 3.3 (critério da equipe) para resolver o problema de deixar completamente a política e sua implementação para a equipe da AFRINIC.
  • Adicione 3c para fornecer clareza sobre a definição de uso fora da região e como será determinada.
  • Adicione 2c e reescreva 2a. “Resumo do Problema” para articular mais claramente a intenção da política de eliminar a confusão generalizada da comunidade em torno da política

24/02/2016 Retirado por autor

Última modificação em -
Data e hora nas Maurícias -