Info! Please note that this translation has been provided at best effort, for your convenience. The English page remains the official version.

Processo e Diretrizes de Eleição do Conselho de Administração (BoD) (20181126)

Imprimir amigável, PDF e e-mail

| Este documento é uma versão arquivada. Clique aqui para verificar a última versão

Processo atualizado em 2018/11/26                                                                          Clique aqui para baixar PDF

 

1. Introdução

Este processo de eleição é aprovado pelo Conselho de Administração da AFRINIC, nos termos da AFRINIC Artigo 13.2 do estatuto. Este processo se aplica a eleições para assentos no Conselho e também se aplica, mutatis mutandis, a quaisquer outras eleições que sigam o mesmo processo do Conselho
eleições.

A Diretoria pode fornecer diretrizes adicionais ao NomCom a qualquer momento, nos termos do artigo 9.2 do Estatuto.

  • Artigo 13 do AFRINIC Estatuto rege a nomeação de Diretores.
  • Artigo 9 do Estatuto governa o Comitê de Indicação (NomCom).
  • Artigo 10 do Estatuto governa a Comissão Eleitoral.

Dois ou três assentos no Conselho estão abertos para eleições todos os anos. As eleições ocorrem durante a Assembleia Geral Anual de Membros (AGMM) que normalmente é realizada nos meses de maio ou junho. Os assentos do conselho são numerados de 1 a 9. Os assentos de 1 a 8 são eleitos pela comunidade.

Diferentes assentos do Conselho são eleitos em anos diferentes, em um ciclo de três anos da seguinte forma:

  • Eleição para os assentos 1 (África do Norte), 2 (África Ocidental) e 7 (independente da região);
  • Eleição para os assentos 3 (Oceano Índico), 4 (África Central) e 8 (independente da região);
  • Eleição para os assentos 5 (África Austral) e 6 (África Oriental).

Em todos os assuntos relacionados às eleições da AFRINIC, o termo "Membro em dia" significa um Membro da AFRINIC que concluiu todas as formalidades necessárias, cuja filiação permanece em dia e que pagou todas as taxas de filiação e alocação de recursos ou taxas de atribuição devidas à AFRINIC (ver Artigo 6.4 do Estatuto Social (iii)) As faturas emitidas, mas que ainda não atingiram a data em que o pagamento é devido, não serão consideradas como taxas devidas à AFRINIC.

 

2. O Processo Eleitoral

As responsabilidades do NomCom são definidas no Artigo 9 do AFRINIC regimento interno e inclua o seguinte:

  • Reporte à Diretoria e siga as diretrizes definidas pela Diretoria;
  • Convocar candidatos para todas as vagas em aberto;
  • Prescrever critérios e qualificações para elegibilidade para se candidatar à eleição;
  • Entrevistar candidatos, se apropriado, antes de finalizar a lista de candidatos;
  • Finalize a lista de candidatos para cada eleição;
  • Supervisionar a condução das pesquisas pelo Comitê de Eleições no dia das eleições.

O NomCom deve sempre operar de acordo com a AFRINIC Estatuto. As seguintes seções do AFRINIC Estatuto são especialmente relevantes:

  • Artigo 1: Definições de “Comitê de Eleição”, “Comitê de Nomeação (NomCom)” e outros termos.
  • Artigo 9: “O Comitê de Nomeação”;
  • Artigo 10: “Comissão Eleitoral”;
  • Artigo 12.14 (i): Dispõe sobre as indicações dos Membros, as informações que devem acompanhar a indicação e a aprovação das indicações pelo Conselho.

Um novo NomCom deve ser nomeado a cada ano, para administrar as eleições durante todo o ano civil.

Além de lidar com as eleições da Diretoria, o NomCom terá uma função semelhante para quaisquer outras eleições dos membros ou da comunidade AFRINIC.

2.1 Elegibilidade para associação ao NomCom

Nos termos do Artigo 9.1 do Estatuto:

  • Nenhum candidato à eleição para o Conselho pode ser membro do NomCom;
  • Nenhuma pessoa domiciliada em uma região cuja cadeira na Diretoria esteja aberta para renovação pode ser membro do NomCom.

A diretoria espera ainda que os membros do NomCom:

  • seja neutro; não ter interesse nos resultados das eleições;
  • ser membros de confiança da comunidade AFRINIC;
  • ter um bom conhecimento do ambiente de negócios da AFRINIC;
  • faça o possível para cumprir suas responsabilidades.

2.2 Nomeação de membros do NomCom

Nos termos do artigo 9 do Estatuto, o NomCom será composto por um presidente e três outros membros indicados pelo Conselho. Ou seja, o Conselho nomeia quatro membros, e um deles será o presidente. A prática do Conselho é nomear os quatro membros da seguinte forma;

  • Um membro selecionado no Conselho da AFRINIC;
  • Três membros selecionados pelo Conselho AFRINIC da comunidade, após uma chamada de voluntários.

A Diretoria convocará voluntários e indicará membros do NomCom seguindo um processo de indicação determinado pela Diretoria e seguindo o cronograma fornecido neste documento de processo eleitoral.

2.3 Presidente do NomCom

Os quatro membros do NomCom escolherão um presidente, que será um dos três membros da comunidade (não o membro da Diretoria).

2.4 Função do representante do Conselho

O representante do Conselho é um membro com direito a voto do NomCom. O representante do Conselho pode informar o Conselho sobre as atividades gerais e o progresso do NomCom, incluindo o número de candidatos e se os candidatos individuais são qualificados ou não, mas não deve relatar discussões confidenciais sobre os méritos de cada candidato.

2.5 Comunicação com o Conselho

Como o representante da Diretoria faz parte do Nomcom, ele pode resumir as atividades do NomCom à Diretoria; entretanto, o canal oficial de comunicação entre a Diretoria e o NomCom será entre o Presidente do NomCom e o Presidente da Diretoria, com uma cópia do CEO.

2.6. Processo de tomada de decisão do NomCom

As decisões do NomCom podem ser tomadas por maioria de votos. Em caso de empate, a questão será discutida posteriormente, e a votação será repetida. No caso de empate que não possa ser resolvido por meio de discussão adicional, o presidente do NomCom terá um voto de qualidade adicional.

2.7. Suporte da equipe ao NomCom

A equipe da AFRINIC fornecerá suporte logístico razoável, mediante solicitação do presidente do NomCom ao CEO. Esse apoio inclui a publicação da lista de indicados, compilação de comentários, moderação da lista de e-mails, atualizações do site, comunicação com os indicados e outras obrigações relativas às funções e responsabilidades do NomCom.

A equipe da AFRINIC também pode responder a perguntas sobre questões factuais relacionadas à afiliação à AFRINIC ou à participação em eventos ou discussões da AFRINIC. Sob nenhuma circunstância a equipe da AFRINIC deve participar da discussão do NomCom sobre os méritos de qualquer candidato.

2.8. Remuneração do NomCom e suporte para viagens

Os membros do NomCom não recebem nenhuma remuneração.

A AFRINIC fornecerá suporte de viagem para que o presidente do NomCom participe de qualquer reunião da AFRINIC em que haja uma eleição. Sujeito às restrições orçamentárias determinadas pelo CEO, a AFRINIC também pode oferecer suporte em viagens para membros adicionais do NomCom.

 

3. Comissão Eleitoral

A logística de funcionamento de todas as eleições será administrada pelo Comitê Eleitoral, que é nomeado pelo CEO nos termos do artigo 10 do Estatuto. O CEO também indicará um Presidente do Comitê Eleitoral.

Uma nova comissão eleitoral deve ser nomeada a cada ano, para lidar com as eleições durante todo o ano civil.

Além de lidar com as eleições da Diretoria, o Comitê de Eleições terá uma função semelhante para quaisquer outras eleições dos membros da AFRINIC ou da comunidade.

 

4. Relacionamento entre o NomCom e o Comitê Eleitoral

O Comitê de Eleição consiste apenas da equipe AFRINIC e não inclui nenhum representante do NomCom (Estatuto Artigo 10). No entanto, em termos de Estatuto Artigo 10.1 (iii), o Comitê de Eleição deve “fazer a ligação com o Presidente do Comitê de Nomeação, estabelecido nos termos do Artigo 9 da Constituição, para a realização de urnas no dia da eleição”.

O presidente do NomCom e o presidente do Comitê de Eleição devem assegurar a colaboração adequada entre os dois comitês.

 

5. Nomeação e Seleção de Candidatos para Eleições

5.1. Distinção entre nomeações e candidatos

Diferentes partes do Estatuto ou o processo eleitoral refere-se a “nomeações” e “candidatos”. Estes não são os mesmos. As indicações são contribuições ao NomCom, de acordo com o artigo 9.3 (ii) (a) do estatuto. A lista de candidatos é o resultado do NomCom, nos termos do artigo 9.3 (ii) (d) do estatuto.

Nem todas as nomeações se tornam candidatas. Alguns indicados podem não ser elegíveis; alguns podem se retirar; alguns podem não ser aprovados pelo Conselho nos termos do artigo 12.14 (i) do Estatuto Social; alguns podem não ser selecionados pelo NomCom por qualquer motivo.

5.2 Elegibilidade para nomear

Nos termos do Artigo 12.14 (i) dos Estatutos, “Cada Membro pode nomear um indivíduo que será elegível para ser eleito Diretor.” Isso significa que apenas Membros em boa situação podem fazer nomeações para assentos no Conselho. Além disso, cada membro não pode fazer mais do que uma indicação (para cada posição aberta). Na prática, os membros da AFRINIC são geralmente organizações que designaram pessoas de contato, e uma das pessoas de contato pode fazer uma nomeação em nome de sua organização. Isso significa que nenhuma cadeira aberta para eleição pode ter vários indicadores ou apoiadores que representam o mesmo Membro. O mesmo requisito se aplica a todas as eleições em que os membros da AFRINIC votam (por exemplo, Conselho, Comitê de governança), mas não nas eleições em que a comunidade AFRINIC vota.

Para ajudar na verificação disso, os nomeadores devem ser solicitados a declarar sua id-organização AFRINIC no formulário de nomeação, e a pessoa que enviar a indicação deve ser um contato autorizado do Membro. As auto-nomeações e nomeações por aqueles que não são contatos registrados de membros AFRINIC em boa situação também são permitidas, mas com a condição de que a nomeação deve ser formalmente apoiada por contatos autorizados e registrados de pelo menos dois membros AFRINIC em boa situação.

5.3. Critérios e qualificações de elegibilidade para se apresentar como candidato

Em termos de Estatuto seção 9.3 (ii) (b), o NomCom deve prescrever os critérios e as qualificações de elegibilidade para ser candidato.

Observe que, para assentos regionais, Estatuto O artigo 13.5 não prescreve requisitos de cidadania ou residência na sub-região que o Diretor pretende representar. A prática anterior era exigir residência na sub-região no momento da eleição. A Diretoria recomenda que o NomCom continue com essa prática.

Antes de publicar os "critérios e qualificações", o NomCom deve enviar um draft ao Conselho para comentários. A responsabilidade de definir os critérios e as qualificações de elegibilidade para ser candidato é do NomCom, mas o NomCom deve considerar os comentários da Diretoria (se houver).

As disposições do Estatuto artigos 13.10, 13.11 e 13.12 devem ser observados. Essas disposições são:

13.10. Nenhuma pessoa será nomeada ou ocupará o cargo de Conselheiro se for uma pessoa que: (i) seja menor de 18 anos; (ii) está em situação de falência não descarregada; (iii) faria, mas para a revogação da Seção 117 da a Lei das Empresas de 1984 de Maurício, 
ser proibido de ser um Diretor ou promotor de, ou estar envolvido ou tomar parte na gestão de uma empresa na acepção de que Aja; (iv) está proibido de ser um diretor ou promotor de ou estar envolvido ou participar na gestão de uma empresa nos termos das Seções 337 ou 338 do Aja ; (v) não é uma pessoa física; ou (vi) foi julgado como tendo estado mental doentio. 13.11. Uma pessoa não deve ser nomeada um Diretor da Empresa, a menos que (i) essa pessoa tenha consentido por escrito em ser um Diretor e certificado que não está desqualificado para ser nomeado
ou ocupar o cargo de Diretor de acordo com a Lei; e (ii) essa pessoa assinou os formulários exigidos para ser um Membro Registrado de acordo com o Artigo 6.3 acima. 13.12. Além das disposições da Seção 13.11, o NomCom deverá, na medida do possível, buscar as seguintes condições adicionais para a elegibilidade dos candidatos ao cargo de Diretores do Conselho: (i) experiência anterior do Conselho ou liderança organizacional; (ii) habilidades em gestão e liderança empresarial; (iii) arrecadação de fundos para a experiência de organizações sem fins lucrativos; (iv) experiência em operações de rede e serviços de Internet; e (v) experiência em desenvolvimento de negócios internacionais.

5.4 Formulário de Nomeação

O NomCom deve trabalhar com a equipe para elaborar um formulário de indicação a ser usado no processo de indicação online.

O formulário de nomeação deve incluir campos para todas as informações exigidas por Estatuto artigo 12.14 (i): “o nome completo e endereço da pessoa nomeada, bem como uma breve descrição da pessoa, incluindo a formação profissional da pessoa, idade, nacionalidade, endereço residencial e a região que a pessoa se propõe representar. ”

Deve haver provisão para o upload de uma foto e uma breve biografia da pessoa indicada.

Deve haver provisão para a pessoa indicada indicar seu consentimento para a publicação de seu nome, foto, breve biografia, nacionalidade e a região que se propõe a representar, para uso durante o processo eleitoral, incluindo o período de comentários públicos.

O formulário de nomeação deve incluir o nome do nominador e o AFRINIC org-id do membro AFRINIC que o nominador está autorizado a representar, para permitir que o nominador seja verificado em relação às disposições do Estatuto artigo 12.14 (i).

Para referência, O Artigo 12.14 (i) do Estatuto estabelece:

12.14 Propostas de Membros
(i) Cada Membro pode nomear um indivíduo que será elegível para ser eleito Diretor. Essas nomeações devem ser recebidas pelo Comitê de Nomeação não menos do que três (3) semanas e não mais do que oito (8) semanas antes da Assembleia Geral Anual dos Membros convocada nos termos do Artigo 11.1 deste Estatuto, na qual os Diretores serão eleitos. Tais nomeações devem, sujeitas ao documento de Diretrizes Eleitorais, ser aprovadas pelo Conselho e, inter alia, conter o nome completo e endereço da pessoa nomeada, bem como uma breve descrição da pessoa, incluindo a experiência profissional da pessoa, idade, nacionalidade, endereço residencial e a região que a pessoa deve representar

 

5.5. Chamada de indicações

Em termos de Estatuto Artigo 9.3 (ii) (a), o NomCom deverá convocar candidatos para as eleições realizadas pela AFRINIC. A convocação de candidatos deve incluir informações sobre os cargos em aberto, os “critérios e qualificações” dos candidatos definidos pelo NomCom e pelo Estatuto, os critérios para nomeações e o processo e cronograma de indicação.

5.6. Envio de nomeações

O Comitê de Eleição providenciará que os formulários de indicação preenchidos, enviados online, sejam enviados por e-mail ao NomCom.

5.7. Verificação de critérios

O Comitê de Eleições deve verificar se as nomeações são recebidas em tempo útil, se os nomeadores ou apoiadores são pessoas que são contatos autorizados para membros da AFRINIC em boa situação e se nenhum assento tem vários nomeadores ou apoiadores que são do
mesmo membro. O presidente do NomCom deve pedir a cada indicado para verificar se concorda com a posição e que consente em ter suas informações publicadas. Para assentos no Conselho, eles devem ser solicitados a certificar que são elegíveis nos termos do Artigo 13.10 do Estatuto Social.

O presidente do NomCom deve entrar em contato com cada indicador ou apoiador para verificar se eles indicaram ou apoiaram o indicado.

O NomCom deve verificar cada indicado em relação aos “critérios e qualificações” publicados durante a convocação de indicações.

Para assentos regionais, como assentos do Conselho de 1 a 6, conforme definido no Estatuto Artigo 13.4 (i), o pessoal do Comitê Eleitoral deve verificar a relação entre o país ou economia e a sub-região, conforme previsto na nomeação. A página da web em https://afrinic.net/service-region deve ser usada como referência para a relação entre países ou economias e as sub-regiões definidas no Artigo 13.5 dos Estatutos. No caso de qualquer discrepância aparente, a equipe do Comitê de Eleições levará o assunto ao NomCom, e será responsabilidade do NomCom decidir como lidar com o assunto.

5.8. Aprovação de nomeações pelo conselho

Após o recebimento das nomeações, o Conselho deve aprová-las nos termos de Estatuto seção 12.14 (i). Isso deve acontecer no início do processo, antes que o NomCom se esforce muito para encontrar os melhores candidatos e, certamente, antes que o NomCom finalize a lista de candidatos em
termos do Estatuto Social seção 9.3 (ii) (d). Observe que a Diretoria não aprova a lista de candidatos (resultado do NomCom); a Diretoria aprova as nomeações (a contribuição para o NomCom).

O NomCom enviará a lista de nomeações e todas as informações relacionadas à Diretoria o mais rápido possível. A Diretoria deverá responder ao NomCom em um prazo razoável, com a lista de indicações aprovadas e quaisquer dúvidas.

5.9. Número e diversidade de candidatos

Em termos de Estatuto seção 9.3 (i) (a), o NomCom deve “envidar seus melhores esforços para garantir que um número satisfatório de indivíduos da comunidade africana da Internet seja candidato”. Para tanto, o NomCom pode procurar candidatos de forma proativa, além de publicar uma convocação para indicações.

O Estatuto não definem número mínimo ou máximo de candidatos para cada cargo. A Diretoria recomenda que o NomCom indique no mínimo três candidatos para cada posição aberta e recomenda que o NomCom use seu próprio julgamento em relação ao número máximo de candidatos para cada posição aberta.

Se houver poucas indicações, o NomCom poderá estender o limite de tempo (com o consentimento da Diretoria) ou procurar proativamente por mais candidatos.

Se houver muitas indicações, o NomCom poderá usar entrevistas e seu próprio julgamento para escolher os melhores candidatos, de forma que nem todas as indicações se tornem candidatas e para que o número final de candidatos apresentados em uma cédula de votação não seja excessivo.

A Diretoria recomenda que o NomCom considere a diversidade de gênero, idioma e cultura ao selecionar os candidatos para todas as eleições.

5.10. Entrevistas e verificações de antecedentes

O NomCom pode entrevistar candidatos de acordo com a seção 9.3 (ii) (c) do estatuto. A pedido do presidente do NomCom, a equipe da AFRINIC facilitará as entrevistas por telefone ou teleconferência pela Internet.

O NomCom pode conduzir verificações de antecedentes adicionais ou consultar árbitros a seu critério.

5.11. Finalizando a lista de candidatos

Em termos de Estatuto seção 9.3 (ii) (d), o NomCom tem a responsabilidade de “finalizar a lista de candidatos para qualquer eleição”.

Antes de finalizar a lista de candidatos, o NomCom deve preparar um draft lista e enviá-la ao Conselho para aconselhamento não vinculativo. Se a Diretoria fornecer conselhos, o NomCom deverá considerá-los, mas a responsabilidade final será do NomCom, e o NomCom não é obrigado a seguir os conselhos da Diretoria.

 

6. Anúncio de candidatos e período de comentários públicos

O NomCom trabalhará com o Comitê de Eleições para garantir que um sistema online para comentários públicos esteja disponível. O período de comentários públicos estará aberto a partir do momento em que a lista de candidatos é finalizada, até o dia anterior ao dia da eleição. O sistema de comentários deve exibir o nome de cada candidato e outras informações relevantes que o candidato consentiu que possam ser publicadas, e deve permitir que o público em geral envie comentários sobre os candidatos. Os comentários devem ser publicados, mas comentários inadequados podem ser removidos.

O presidente do NomCom anunciará a lista final de candidatos e informações sobre o período de comentários públicos por e-mail para

  • Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
  • Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
  • Qualquer outra lista de discussão que seja particularmente relevante para a eleição em questão (se não for uma eleição no Conselho)

No caso de eleições para o Conselho, o CEO deverá providenciar para que o anúncio seja enviado ao contato de voto registrado de cada membro da AFRINIC.

 

7. Retirada

Um indicado ou candidato pode retirar sua indicação notificando o presidente do NomCom pelo menos 7 dias antes do início do período de votação eletrônica. A notificação de retirada deve ser enviada pelo indicador ou pelo candidato. Em qualquer caso, tanto o nomeado quanto o candidato devem ser informados para verificar e confirmar a retirada antes que ela seja formalmente aceita.

Se uma retirada for recebida tarde demais, o candidato aparecerá, no entanto, na cédula, mas quaisquer votos para o candidato serão ignorados ao determinar o vencedor da eleição.

 

8. Votação

A votação será permitida tanto por meio de plataforma de votação eletrônica quanto por meio de cédulas de papel. Os procuradores poderão votar por cédula de papel.

8.1 Elegibilidade para votar

  • Somente organizações e pessoas que atendem aos seguintes critérios podem votar:
    Qualquer Membro de Recursos da AFRINIC em situação regular.
  • Todos os membros registrados.

Um membro do Recurso que não seja uma pessoa física pode ser representado por uma pessoa que seja um contato registrado dessa organização. Esta representação não requer um proxy. O eleitor elegível pode ser representado por procurador, devidamente nomeado pelo membro e devidamente aprovado pelo CEO pelo menos 24 horas antes do Dia da Eleição e transmitido ao Presidente da Comissão Eleitoral.

Além disso, os seguintes critérios se aplicam aos votos emitidos pelos candidatos:

  • Um candidato não pode carregar uma procuração (Seção 12.12 (ix) do Estatuto Social ).
  • Um candidato pode possuir os votos dos Membros de Recursos que eles representam formalmente, tendo sido registrado como uma das pessoas de contato da organização por pelo menos 12 meses antes da data de eleição ou desde o início da filiação daquela organização se tiver menos de 12 meses. o MyAFRINIC portal será a fonte de status de membro para todos os eleitores elegíveis.
  • Um candidato sem um status de membro válido não pode votar. AFRINIC Board

8.2 Proxies

Uma organização que não pode enviar um representante para comparecer à reunião presencial pode dar seus direitos de voto a um procurador (por Seções 12.11 e 12.12 do estatuto da AFRINIC ) preenchendo o formulário de procuração disponível no perfil do membro no MyAFRINIC portal . Os formulários de procuração estarão disponíveis ao mesmo tempo que a votação eletrônica abre.

O formulário deve ser baixado, assinado e uma cópia enviada por e-mail ao CEO da AFRINIC no máximo 24 horas antes da data da eleição. Quando uma procuração é emitida, o membro perde a capacidade de emitir um voto eletrônico.

  • Nenhum membro com direito a voto terá mais de 5 procuradores durante a referida eleição (Ref. seção 12.12 (iiiv) do estatuto ) Historicamente, isso tem sido interpretado como significando que uma pessoa pode votar em nome de qualquer número de membros para os quais a pessoa é um contato registrado (onde nenhuma procuração é necessária), mas uma pessoa não pode ter mais de 5 procuradores.
  • Nenhum candidato à eleição do Diretor da Companhia deverá atuar como procurador de qualquer membro durante tal eleição (Ref. seção 12.12 (ix) do estatuto ).
  • Um instrumento de procuração deve ser impresso em papel timbrado oficial e real da organização membro.
  • O documento em papel que incorpora o instrumento de procuração deve ser devidamente assinado por:
    ○ Um contato administrativo registrado do membro. (Para evitar dúvidas, o banco de dados da AFRINIC deve ser usado para contra-verificação), ou:
    ○ Um diretor da empresa, em cujo papel timbrado o documento de procuração em papel foi impresso e cujo nome está listado no referido papel timbrado.
  • Não é obrigatória a aposição de selos da empresa nos instrumentos de procuração em papel.
  • Os membros que sejam pessoas físicas e não possuam papel timbrado estão dispensados ​​da obrigação de imprimir a procuração em papel timbrado.

8.3 Votação Eletrônica

A plataforma de votação eletrônica é integrada ao MyAfriNIC portal , e estará acessível apenas a membros em situação regular.

O seguinte se aplica ao voto eletrônico:

  • As cédulas de votação eletrônica têm os mesmos candidatos e escolhas das cédulas de papel.
  • Começa pelo menos 7 dias antes da data AGMM.
  • Termina ao mesmo tempo que o encerramento da votação por boletim de voto.
  • Os “curadores” configurados para desbloquear e contabilizar o sistema de voto eletrônico consistirão do CEO da AFRINIC, do presidente do NomCom e do conselheiro jurídico da AFRINIC.
  • Os votos eletrônicos são computados usando o sistema de contagem de votos eletrônicos. Os resultados são assinados pelos curadores.

 8.4. Cédula de Papel no Dia da Eleição

A votação realizada na Assembleia Geral Anual é efetuada por meio de boletins de papel contendo a lista dos candidatos.

Antes da votação, todos os membros presentes ou participantes com procuração deverão se registrar e validar sua condição de membro. Os funcionários da Comissão Eleitoral colocarão um carimbo e uma assinatura em cada boletim de voto quando ele for emitido. Os boletins de voto sem carimbo e assinatura não terão validade.

  • Os eleitores devem votar apenas em uma opção / candidato por assento. Cada marca em uma cédula representa um voto. Uma cédula com mais de uma marca por assento será considerada nula e não será contada.
  • Esta será uma eleição por voto secreto. A inclusão de quaisquer dados pessoais no boletim de voto invalidará o voto e será considerado nulo.
  • As eleições serão encerradas assim que o último membro ou procurador presente na sala de reuniões der seu voto.

 8.5. Outras considerações sobre o dia das eleições

Nos termos da seção 9.3 (b) do estatuto, o NomCom terá “responsabilidade geral e supervisionará a condução das urnas pelo Comitê de Eleição no dia da eleição”. Em termos de Estatuto seção 10.1, a Comissão Eleitoral tem várias funções. O presidente do NomCom trabalhará com um membro do Comitê de Eleições designado pelo CEO para garantir que a eleição ocorra sem problemas.

Os Estatutos não são específicos sobre os procedimentos detalhados durante uma eleição. O NomCom tem responsabilidade geral em termos de Estatuto seção 9.3 (b), mas o Comitê de Eleição também tem responsabilidades nos termos da seção 10 do Estatuto. O Conselho sugere o seguinte procedimento:

  • O NomCom apresenta a eleição, descreve as responsabilidades e o mandato;
  • O NomCom oferece a cada candidato a oportunidade de falar;
  • Comitê Eleitoral realiza a eleição;
  • A votação online deve ser encerrada ao mesmo tempo que a votação presencial;
  • Os votos são contados;
  • O Comitê de Eleição reporta o resultado ao presidente do NomCom;
  • A cadeira do NomCom anuncia o resultado.

8.6 Contagem de votos e determinação dos vencedores

Um representante do NomCom e membros do Comitê de Eleição presentes durante a AGMM, além de não mais de quatro (4) voluntários do outro RIRs presentes, contarão os votos em papel.

As contagens da votação eletrônica serão adicionadas às contagens das cédulas de papel para determinar a contagem final.

Em caso de empate para uma vaga aberta, a votação para essa vaga será repetida, apenas por meio de cédula de papel e ignorando o resultado da votação eletrônica, até que haja um vencedor.

Para cada vaga, o candidato que receber mais votos será o vencedor.

As disputas devem ser resolvidas em termos de Artigo 10.2 do Estatuto Social.

 

9. Anúncio do resultado

O presidente do NomCom anunciará os resultados da eleição, incluindo o número de votos eletrônicos e cédulas de papel para cada candidato.

O CEO deve enviar os resultados finais por e-mail no máximo 48 horas após a eleição para:

  • Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
  • Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
  • Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Os resultados das eleições serão publicados simultaneamente no site da AFRINIC.

 

10. Cronograma de eleições

O seguinte cronograma deve ser usado na medida do possível. O pessoal deve preencher datas específicas todos os anos. Pequenos desvios não precisam ser aprovados pelo Conselho.

As datas específicas para a eleição da diretoria de 2019 são publicadas aqui

 

Dias relativos ao marco Data Descrição
40 dias antes da reunião de novembro / dezembro da AFRINIC Por exemplo, meados de outubro Chamada da diretoria para voluntários do NomCom
10 dias antes da reunião de novembro / dezembro da AFRINIC Por exemplo, meados de novembro 

Fechar chamada para voluntários do NomCom;

Comece a consideração pelo Conselho dos compromissos do NomCom.

Durante ou mais de um dia após a reunião de novembro / dezembro da AFRINIC  Por exemplo, final de novembro Decisão da diretoria sobre as nomeações para o NomCom
Durante ou não três dias após a reunião de novembro / dezembro da AFRINIC   Anúncio das nomeações do NomCom para o ano seguinte
14 dias após a reunião de novembro / dezembro da AFRINIC Por exemplo, meados de dezembro Eleição do Presidente para o NomCom
16 dias após a reunião de novembro / dezembro da AFRINIC   Anúncio da presidência do NomCom
115 dias antes da eleição Por exemplo, final de janeiro NomCom finaliza critérios e qualificações
111 dias antes da eleição   NomCom e equipe finalizam formulário de indicação
110 dias antes da eleição  

O NomCom anuncia convocação de candidaturas;

O formulário de indicação é ativado

75 dias antes da eleição Por exemplo, final de fevereiro Fim do período de nomeação
69 dias antes da eleição  

O NomCom e a equipe verificam a elegibilidade e o consentimento;

NomCom começa a considerar indicações

68 dias antes da eleição   O NomCom envia indicações ao Conselho para aprovação
60 dias antes da eleição Por exemplo, meados de março Aprovação do Conselho de indicações
    O NomCom continua considerando as indicações
45 dias antes da eleição   NomCom envia draft lista de candidatos ao Conselho para aconselhamento não vinculativo
40 dias antes da eleição   A Diretoria envia recomendações ao NomCom sobre o draft Lista
34 dias antes da eleição   O NomCom finaliza a lista de candidatos
31 dias antes da eleição   NomCom e equipe finalizam formulários de comentários públicos
30 dias antes da eleição Por exemplo, meados de abril

O NomCom anuncia a lista de candidatos;

Início do período de comentários públicos;

Os funcionários enviam anúncios para todos os membros

14 dias antes da eleição   Abra o sistema para votação eletrônica e nomeação por procuração
1 dia antes da eleição   Último dia para enviar formulários de proxy ao CEO para validação
0 Por exemplo, meados de maio Dia de eleição

 

11. Resumo das alterações da versão anterior

Estas são as principais mudanças do versão anterior das diretrizes de eleição do Conselho (conforme adotado em 2014, com pequenas alterações posteriormente):

  1. O processo começou muito antes, com a convocação de voluntários do NomCom em outubro do ano anterior à eleição, em vez de em janeiro do ano da eleição.
  2. Tempo adicional é concedido para algumas etapas do processo.
  3. A maioria das diretrizes fornecidas anteriormente ao NomCom pela Diretoria (em termos de Artigo 9.2 do estatuto) são incorporados a este processo eleitoral.
  4. A opção “Nenhuma das opções acima” foi removida.
  5. As disputas devem ser resolvidas em termos de Artigo 10.2 do Estatuto Social.
  6. O presidente do NomCom não é membro do Comitê de Eleições; isso violaria a exigência do artigo 10 do estatuto de que a comissão eleitoral seja composta por funcionários.
  7. As procurações podem ser validadas até 24 horas antes da eleição, conforme prática anterior.
  8. A votação eletrônica termina ao mesmo tempo que termina a votação por cédula de papel, de acordo com a prática anterior.
  9. A votação eletrônica tem apenas três curadores, não quatro, de acordo com a prática anterior.
  10. Os resultados são anunciados com o número total de votos expressos para cada opção.

 

 

Última modificação em -
Data e hora nas Maurícias -